segunda-feira, 21 de março de 2011

Passageiro


é mesmo isso? depois do perdão vem a saudade?
e se a saudade vem, o abraço vem também?

eu colho pedras nas ruas pra preencher o vazio
mas pedras são frias... e não se acomodam bem.

a saudade chama a lágrima?
e a chama não se apaga?
espera um abraço... espera um pouco...

e as pedras continuam no bolso...
no caminho vem o riso, vem o choro, vem o espanto...

se passa? os pés vão adiante...

a saudade é um aperto que eu não quero sentir
me aperte apenas se for com um abraço...
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License.