domingo, 22 de maio de 2011

in Felicidade


tava esperando a tristeza chegar pra fazer uma seresta. Ela chegou e estou muda. Eu realmente acredito em definições por oposições. É possível em meio a felicidade sentir um golpe de tristeza?

Felicidade é sempre algo externo. Sempre parte antes que você se despeça. É sorte, e não merecimento. É gozo. Não tem como prender, simplesmente se esvai. Mas nem por isso, todo gozo traz felicidade.

Tristeza já é algo interno. Só cresce. Se você não cuida te apodrece. Se você não poda o inverso perdura. É lágrima. Você até pode prender, mas quantas mais são presas, mas te enchem. Até que você se esvai e não é num gozo.

Em meio a felicidade, há sempre uma tristeza no olhar de cada um.
Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License.