terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Sobre qualquer Coisa


Coisa: A palavra mais vazia de significado e mais plena de sentidos.

Não menospreze os acasos, a dúvida que gera o erro geralmente é o que mais nos excita.
A vida é isso aí, dói, deixe-a ser. É uma corda solta.
Numa ponta, a saudade. Na outra, uma ponta de desejo.
Salte pra qualquer sorriso que lhe cause arte...

Nunca faça algo esperando retorno, isso não é bondade, é vaidade!
Não queira transformar ideias em realidade, sua vida só será um plágio mal feito delas.
A ansiedade é a medida do desencantamento, estraga a espera.
Espera! A sorte é o cuidado dos detalhes...

Ando com vontade de usar flores atrás da orelha. De andar com passos leves...

11 comentários:

  1. Adorei! esse bem mais feliz :D

    ResponderExcluir
  2. acho q to lenta essa semana Amanda... "usual"?

    obrigada pela visita meninas!

    ResponderExcluir
  3. Ola Aline!!! Mais um visitante.. li algumas poesias e gostei bastante!! continue escrevendo que vc tem talento!!! bjus

    ResponderExcluir
  4. Oi Alê, obrigada!
    E volte mais vezes rs
    Bjins!

    ResponderExcluir
  5. Line, o último quarteto e o verso solto, no final, estão muito bons, trazem algo além de reflexão, parabéns, continue praticando!

    ResponderExcluir
  6. Olá Gabriel,
    Obrigada pela visita! Volte mais vezes...
    Abs,

    ResponderExcluir
  7. parece que o desejo de colocar flores atrás das orelhas lhe deu ótimas inspirações.

    parabéns...

    ResponderExcluir
  8. ou será q boas inspirações lhe trouxeram a vontade de usar as flores atras da orelha?

    ResponderExcluir
  9. Érikita! bom te ver por aqui...
    Felipe, obrigada pela visita! :D

    Vai ver um leva ao outro... as flores e a inspiração! rs

    Abs!

    ResponderExcluir

Licença Creative Commons
This work is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 2.5 Brasil License.